PRP - Mito ou Tratamento Eficaz?

 

O Plasma Rico em Plaquetas (PRP) tornou-se um novo método para o tratamento de vários tipos de alopecia. Neste estudo a foram avaliadas a segurança, eficácia e viabilidade de injeções de PRP no tratamento da alopecia androgenética.
Neste estudo foram incluídos onze pacientes que têm a alopecia androgenética, que não obtiveram resultados após tratamento realizado com minoxidil e finasteride.
O teste de tração de cabelo foi realizado antes de cada sessão de tratamento.
Foi injetado no couro cabeludo dos pacientes um volume de 2-3 cc PRP utilizando uma seringa de insulina. O tratamento foi repetido a cada duas semanas num total de quatro sessões de PRP. O resultado foi avaliado após 3 meses por exame clínico, fotos microscópicas, testes de tração e satisfação geral do paciente.

RESULTADOS:
Observou-se uma redução significativa na perda de cabelo entre a primeira e a quarta sessão de tratamento. A contagem do cabelo aumentou de 71 (número médio de unidades foliculares de cabelo) para 93 unidades foliculares. Portanto, o ganho médio média é de 22,09 unidades foliculares por cm (2).

CONCLUSÃO:
A injeção de PRP é uma opção simples, eficaz e viável de tratamento para alopecia androgenética, com a satisfação do paciente global elevado.

(Adaptado de Khatu SS, et al. J Cutan Aesthet Surg. 2014)