Implante ou Transplante Capilar?

Implante ou Transplante Capilar?

Cada vez mais homens e mulheres procuram uma solução definitiva para neutralizar os efeitos da calvície. O Implante ou Transplante Capilar é a intervenção médica estética que pode ser utilizado para esse fim.

Os termos Implante Capilar e Transplante Capilar são erroneamente utilizados como sinónimos, embora existam importantes diferenças entre estas duas intervenções.

É fundamental conhecer essas diferenças para distinguir as ofertas que pode encontrar na área para escolher entre um implante ou transplante capilar.


Implante Capilar

O termo Implante Capilar pode ser utilizado em duas situações distintas:

1.      como uma fase do Transplante Capilar

2.      como uma intervenção médica estética isolada.


1.      Como fase do Transplante Capilar, uma vez que este é composto por duas fases, uma primeira fase em que se realiza a extração dos folículos, designada por fase de extração, e uma segunda fase onde se implantam os folículos extraídos, designada por fase de implante capilar. Num Transplante Capilar o cabelo implantado é sempre do próprio paciente.

2.      Como uma intervenção médica estética isolada, porque existe no mercado algumas clínicas de estética que oferecem correções de calvície recorrendo ao implante de fios de cabelo artificiais, habitualmente designadas por fibras capilares. A única vantagem desta técnica de Implante Capilar relativamente ao Transplante Capilar é o facto de os resultados serem imediatamente obtidos, ou seja, o paciente sai da clinica com o fio de cabelo artificial já no tamanho desejado. Os cabelos artificiais que são implantados não crescem e se algum destes cabelos saírem ou forem arrancados eles não voltarão a aparecer a não ser através de outro implante capilar. Porém esta técnica de implante artificial de cabelo, exige cuidados rigorosos de higiene e são muitas as queixas de pacientes devido a problemas com infeções crónicas.


Transplante Capilar

O Transplante Capilar é uma intervenção médica estética composta por duas fases, uma primeira fase que consiste na extração de folículos capilares da zona dadora, e uma segunda onde são implantados os folículos extraídos, nas zonas mais afetadas pela calvície (geralmente faz-se a extração a partir da nunca ou das laterais para depois implantar no topo da cabeça).

Quando falamos de Transplante Capilar, significa que os cabelos que são implantados são do próprio paciente que os recebe, isto evita que os mesmos sejam rejeitados. Estes cabelos terão um comportamento e aspeto igual ao original crescendo a um ritmo natural.


Implante ou Transplante Capilar? Qual a melhor solução?

Quando a questão é escolher entre realizar um implante ou transplante capilar a única solução recomendada pela DHI é o transplante capilar.

O implante capilar dá origem a múltiplas infecções, a exigentes cuidados de manutenção e os resultados estéticos obtidos muito pouco naturais (brilho das fibras, sempre com o mesmo tamanho,…).

O transplante capilar DHI garante ao paciente um resultado natural, pois o cabelo implantado é o do próprio paciente, não havendo qualquer risco de infeção ou rejeição.

O Transplante Capilar da DHI utiliza a exclusiva e patenteada técnica DIRECT que é a mais inovadora, menos invasiva e a que garante resultados 100% naturais de todas as técnicas existentes atualmente no mercado. Para além do Transplante Capilar, dispomos de outras soluções para quem sofre de perda de cabelo, como o tratamento capilar PRP, o tratamento capilar de Mesoterapia e o método de restauro capilar de Micropigmentação.


 
Sempre que o implante capilar é realizado a partir do próprio cabelo do paciente o termo correto para descrever a intervenção médica é Transplante Capilar.
 
Caso o implante capilar seja realizado a partir de fibras artificiais o termo correto para descrever esta intervenção é implante capilar.
 

Marque já a sua consulta de avaliação capilar gratuita, sem qualquer compromisso!