Pode a queda de cabelo levar à depressão?

Pode a queda de cabelo levar à depressão?

De que forma é que a queda de cabelo afeta as nossas vidas e qual a sua influência a nível psicológico? Será que esta patologia pode levar a um transtorno de ansiedade ou até mesmo a uma depressão?

 queda de cabelo _ depressao_tratamentos_dhi_portugal


Charalambos Papageorgiou, professor de psiquiatria na Universidade de Atenas, em cooperação com a DHI Global Medical Group iniciou uma pesquisa que tem por objetivo o estudo das dimensões psiquiátricas na queda de cabelo. O estudo tem como finalidade determinar a necessidade de combinar as dimensões psiquiátricas com qualquer psicopatologia subjacente.

A pesquisa irá estudar os seguintes parâmetros:

- Conexão de frequentes distúrbios capilares com a Psicopatologia;
- Deteção de entidades psicopatológicas associadas a distúrbios capilares;
- Principal efeito secundário da queda de cabelo em Psicopatologia;
- Avaliação do stress causado e a sua influência no sistema endócrino e imunológico.

Todos os resultados do estudo irão contribuir para identificar os problemas psicopatológicos específicos, tais como a ansiedade e a depressão.
Além disso os pacientes envolvidos no estudo serão informados e não serão dadas propostas terapêuticas específicas até à conclusão do estudo.
O projeto que visa medir a influência da queda de cabelo a nível psicológico no indivíduo será dividido em 4 fases, e terá uma duração aproximada de 12 meses, tendo sido iniciado em Janeiro de 2016.


Anual Masters Meeting – 2015

Mr. Konstantinos Giotis – Fundador e presidente da DHI Global Medical Group

«Pela primeira vez na história, haverá um estudo abrangente do aspeto psicológico de doenças do cabelo. Para a DHI, a condição psicológica de cada paciente perante o processo da perda de cabelo é uma prioridade.»