Queda de cabelo - o que fazer?

Queda de cabelo - o que fazer?

Está com queda de cabelo e não sabe o que fazer? Neste artigo iremos explicar como poderá e deverá atuar, ou seja, prevenir e/ou tratar a queda de cabelo de acordo com a causa.

Quando começamos a notar que a nossa densidade capilar está a diminuir a pergunta que nos ocorre é “o que fazer?”. Apesar de ser tentador comprar os muitos produtos com “promessas milagrosas”, a verdade é que a queda de cabelo é um processo complexo e esses produtos podem não ter o efeito que desejamos. Caso isso aconteça, acaba por nos deixar mais frustrados e nervosos o que leva a um aumento da queda de cabelo. É então fundamental percebermos a causa da queda para que possamos saber o que fazer para a prevenir ou tratar da forma mais eficaz.


Queda de cabelo o que fazer

Quais os fatores que potenciam queda de cabelo?

Existem variados fatores que podem causar queda de cabelo, contudo iremos apenas abordar os principais em ambos os géneros.

Relativamente às mulheres, para além do fator genético/hereditário, existem alguns quadros que potenciam esta queda, nomeadamente, mudanças hormonais relacionadas com a menopausa, gravidez, amamentação e pós-parto, doenças endócrinas (distúrbios da tiróide) e auto-imunes, deficiência de ferro.

Quanto aos homens, na grande maioria dos casos o fator hereditário é o responsável, sendo comum observarmos na mesma família vários indivíduos afetados pela alopecia androgenética. Isso acontece porque o gene que torna o folículo capilar sensível à testosterona, enfraquecendo-o, passa de pais para filhos.

Em ambos os sexos, fatores como stress físico e emocional/ansiedade, depressão, doenças crónicas graves, alguns medicamentos, problemas cardíacos, infeções, alimentação deficiente e pouco cuidada, poderão potenciar a queda de cabelo.


Quais os sinais de “preocupação” e que deverão levá-lo a deslocar-se a uma clínica?

Diminuição da densidade capilar, existência de algumas peladas, ou seja, zonas sem cabelo, cicatrizes espontâneas e aumento significativo do número de cabelos no pente/escova, acompanhadas de outras manifestações como descamação, borbulhas, nódulos etc.


Antes de mais, o que devo fazer, quando começo a sentir queda de cabelo?

A melhor solução é dirigir-se a uma clínica especializada, não perdendo tempo e recursos em tratamentos pouco eficazes ou ate mesmo prejudiciais. Na DHI Portugal todos os pacientes são observados por médicos especialistas e o tratamento aconselhado em função do quadro clínico apresentado.

Não se preocupe, pois, além da consulta ser gratuita, dispomos atualmente de múltiplas armas na prevenção e tratamento da alopecia. É apenas questão de passar à ação...

Saiba mais aqui quais os tratamentos que temos disponíveis para si.


A queda de cabelo tem cura?

Tudo irá depender do seu caso, daí darmos importância à realização uma avaliação gratuita, pois só analisando a sua situação é que, se irá conseguir perceber qual a atitude mais eficaz no seu caso. Existem atualmente diversas opções.

Comecemos por falar do transplante capilar que sendo uma solução com excelentes resultados, definitiva e indicada num grande número de homens e em algumas mulheres, não esta indicado em todos os casos, daí a importância de ser observado por numa clínica especializada.

Nos casos em que não está indicado o transplante capilar ou havendo indicação mas não sendo a solução desejada pelo paciente, existem atualmente tratamentos com eficácia comprovada na prevenção e\ou recuperação da densidade capilar:

  • PRP (Plasma Rico em Plaquetas)

  • Mesoterapia;

  • Soluções tópicas de Minoxidil, Finasteride;

  • Medicação oral e/ou manipulados prescritos em função de cada paciente.

Em relação a esta última hipótese a DHI dispõe atualmente de um teste genético lançado muito recentemente a nível mundial que nos permite ficar a conhecer para cada paciente quais os tratamentos que são eficazes e quais não terão efeito, poupando tempo, recursos… e cabelo. Em função dos resultados do teste é prescrito um tratamento personalizado com todos os princípios ativos eficazes para o seu caso.


Como evitar a queda de cabelo?

Embora possam nos casos mais graves não ser suficientes existem alguns hábitos diários que poderão ser adotados para diminuir a queda de cabelo, tais como:

  • Cuidados alimentares, com uma alimentação mais nutritiva e equilibrada;

  • Lavar o cabelo com produtos apropriados, evitando agressões físicas e químicas;

  • Massajar o couro cabeludo com maior cuidado e pentear com delicadeza o cabelo;

  • Evitar fumar e uso excessivo de álcool;

  • Diminuir o stress e ansiedade;

  • Beber água suficiente.

  • Evitar o uso de aparelhos de alisamento de altas temperaturas, tratamentos químicos, penteados apertados;

  • Dormir pelo menos 7h, ou o que for recomendado pelo seu médico;

  • Praticar exercício físico regular.


Se continua com algumas dúvidas e preocupações, que não foram abordadas neste artigo, poderá estabelecer contacto com a nossa clínica DHI Portugal. Os nossos médicos especialistas e certificados DHI estarão ao seu dispor para esclarecer todas as questões que possam surgir. Saiba como contactar-nos aqui. Estamos ao seu dispor para ajudá-lo em todo o processo.