Tranplante capilar - Testemunho de um paciente DHI no Daily Mail.

Tranplante capilar - Testemunho de um paciente DHI no Daily Mail.

Um dos nossos pacientes partilhou a sua experiência sobre o seu Transplante Capilar, realizado na DHI Global Medical Group e a sua história apareceu destacada no site do jornal britânico Daily Mail! Abaixo encontra traduzido o testemunho de James Draper.

Testemunho Transplante Capilar Daily Mail

“Nunca me imaginei a fazer um transplante capilar.

Aos 34 anos, eu ainda tinha uma “juba” densa – sem qualquer pelada, apenas tinha uma linha frontal recuada e muito ligeiramente.

Isto é verdade! Segundo o guia da indústria que mede as etapas da perda de cabelo do padrão masculino, a escala de Norwood, eu estava apenas na categoria dois, que é o primeiro grau da escala.

Testemunho Transplante Capilar

Procurei informar-me um pouco sobre o mercado, realizei várias consultas em empresas diferentes, onde obtive respostas muito distintas quer sobre a técnica de transplante capilar, como também relativamente a preço.

Até que, devido ao meu amor pelo desporto, descobri a DHI Medical Group, que tinha realizado o transplante capilar do jogador de cricket Phil Tufnell e do futebolista internacional holandês Ronald de Boer. Conheci ambos em ocasiões separadas, e ambos estavam entusiasmados com a experiência e, ainda mais importante, tinham um fantástico resultado para o provar.

Decidi então realizar a consulta de avaliação na filial de Londres. Durante a consulta, não apenas me detalharam todo o procedimento de sete horas, como também me garantiram que o cabelo transplantado seria para toda a minha vida e que a intervenção era 100% segura. Isto seria alcançado pela extração individual de folículos capilares da área dadora, utilizando uma ferramenta desenhada especificamente para essa função, com um diâmetro inferior a 1 mm para não deixar cicatrizes. Depois os folículos iriam ser implantados um a um, diretamente nas áreas mais afetadas pela calvície, criando uma boa densidade. Sem incisões prévias e tudo realizado em apenas num dia. 

Parecia bom de mais para ser verdade, mas passados poucos dias eu já tinha reservado a data para a realização do meu transplante capilar.

Foi na sala da clinica que a magia aconteceu. Foi usada anestesia local na zona onde iam extraindo os folículos para serem implantados.

Este procedimento foi surpreendentemente indolor.

Na verdade, a pior parte foi provavelmente ficar deitado de cara para baixo numa mesa de cirúrgica (com o meu rosto a espreitar por um desses buracos embaraçosos) por tanto tempo. Mas a fase da extração, onde coletaram cercam de 10 000 cabelos, foi indolor e precisa. Meticuloso para o médico, mas sem dor para mim.

Testemunho Transplante Capilar

Seguiu-se um almoço rápido e iniciamos a segunda fase: o implante capilar.

Desenharam a marcador como iria ficar a minha nova linha da frente de forma a delimitar a zona que iria receber os cabelos extraídos.

O implante capilar ia decorrendo enquanto falávamos e ouvíamos rádio.

Intrigado, ia assistindo com um espelho de mão, enquanto a minha nova linha da frente ia sendo preenchida. E, embora não tenha ficado a noite toda acordado, preocupado com o procedimento do transplante capilar, a verdade é que fiquei encantado. Sentir os cabelos a serem implantados é um pouco como ser cutucado no couro cabeludo com uma caneta, este era um pequeno preço a pagar pelos anos cruéis em que a linha da frente recuou.

Testemunho Transplante Capilar

A partir deste ponto, com a cirurgia terminada, eu era um homem novo (embora cauteloso).

Testemunho Transplante Capilar

Os médicos sublinharam que as primeiras semanas após o transplante capilar exigiam o máximo de cuidado, tanto na forma como tive de manter o couro cabeludo limpo como também nos cuidados que tive de ter para não danificar os cabelos transplantados. Isto significa que eu tinha de ser híper-vigilante sobre a forma como ia passar o meu dia e noite, devia evitar a exposição direta ao sol no primeiro dia e dormir com um travesseiro de voo de forma a evitar fricção dos folículos transplantados. O banho também tinha de ser feito com cautela.

Alguns dias depois, passei por um período um pouco desagradável quando os folículos começaram a formar uma crosta, não é algo com boa aparência, mas é bom sinal. Mas, apenas com uma lavagem normal tudo saiu, estava tudo a correr muito bem.

Hoje, um ano depois, estou encantado e extremamente espantado.

Admito que não precisava necessariamente do transplante capilar – sim, há homens e mulheres que têm casos muito mais extremos de perda de cabelo – mas a facilidade do procedimento tornou prático e seguro, para não dizer conveniente.

Então porque não o deveria fazer?

Quando me olho ao espelho e vejo como o resultado ficou tão natural, por vezes até me esqueço que realizei o transplante capilar.

Eu sinto-me um homem novo!”

Leia o artigo original em: DailyMail.co.uk


 

Faça como o James Draper, confie o seu transplante capilar à DHI!

 

Comece por marcar a sua consulta de avaliação capilar gratuita!