Transplante Capilar Barato Turquia e Ásia: saiba os riscos e desvantagens

Transplante Capilar Barato Turquia e Ásia: saiba os riscos e desvantagens

 

A organização sem fins lucrativos ISHRS (Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauro Capilar) adverte novamente os consumidores sobre os riscos e perigos do turismo médico na área do Transplante Capilar, prática comum em países da Ásia, do Médio Oriente, na Turquia, no México e na América Central e do Sul.
Foi em 2014 que a organização alertou pela primeira vez os consumidores sobre todos os riscos reais relacionados com intervenções de Transplante Capilar baratas em diversas clínicas, espalhadas pelo mundo.


Imagem 1 - Antes do Transplante na Clinica DHI

Transplante Capilar barato
 

Transplante Capilar Barato: um mercado em expansão

De acordo com os dados da ISHRS, as intervenções de restauro capilar tiveram um boom de cerca de 75% nos últimos 10 anos. Os aumentos mais consideráveis foram registados na Ásia, Médio Oriente, Turquia, México e na América Central e do Sul.


Práticas Ilegais: consequências graves

Uma das tendências mais comuns é a prática de cirúrgias por técnicos e não por equipas médicas qualificadas. Este fenómeno é disfarçado, muitas vezes, por «iscos de publicidade» como por exemplo: packs com «tudo incluído». Muitos consumidores andam à procura do melhor preço, oprimidos pela sua perda de cabelo e, iludidos, tomam decisões sem aplicar previamente as questões mais relevantes.

A Turquia, por exemplo, é atualmente um mercado negro real para a realização de um Transplante Capilar. Os transplantes são realizados em grande maioria de forma ilegal em clínicas e hospitais privados. Os pacientes são recrutados em fóruns de países em que o Transplante Capilar tem um custo mais elevado, como:

  • França;

  • Bélgica;

  • Portugal;

  • Espanha

  • Outros países da Europa, Ásia e Médio Oriente.

Apesar de parecer assustador estas situações também acontecem em Portugal.
Como em Portugal, o Transplante Capilar ainda não é considerado um ato médico, mas sim estético, algumas clínicas capilares recorrem a técnicos e enfermeiros para coordenar o transplante capilar e não a médicos especializados, conseguindo assim praticar preços mais baratos.


Imagem 2 - Zona dadora após cicatrização de Transplante Capilar realizado em clínica na Turquia

Transplante Capilar Barato
 

O impacto sobre o resultado do Transplante Capilar

Normalmente, nestes estabelecimentos duvidosos, para que seja possível alcançar resultados satisfatórios, as clínicas vendem sessões maiores do que a que o paciente realmente necessita, de forma a que, se 30% do cabelo morrer, o paciente não note e tenha a perceção de um bom resultado.
Contudo há que realçar que a zona dadora de cada individuo é limitada e que se os melhores folículos forem extraídos numa primeira intervenção poderá condicionar futuras intervenções.
Esta situação é problemática uma vez que poderá condicionar a realização de um futuro transplante capilar, devidamente realizado, por profissionais especializados, em pacientes que, devido à evolução do seu grau de calvície, necessitem de um novo restauro capilar.
As consequências da procura de um Transplante Capilar Barato podem ir muito além das mencionadas.
Logo no diagnóstico capilar, a questão da qualificação é importante. O profissional tem de ser capaz de orientar o seu paciente para o tratamento mais adequado. Com o mercado negro nesta área do Transplante Capilar é necessário ter atenção com erros de diagnóstico e interpretação das patologias capilares.

O que muitas pessoas não sabem é que nem todas as situações de alopecia são elegíveis para transplante capilar. E, dependendo do grau de calvície, poderá ser melhor realizar tratamentos capilares que retardem a queda de cabelo antes de proceder um transplante capilar. Normalmente, nas clínicas capilares baratas, tal não é explicado e podem até ser executados transplantes capilares em casos que não é aconselhado, colocando o lucro à frente do bem-estar do paciente, ou até por desconhecimento. Só uma equipa médica especializada e devidamente certificada é que contém experiência e conhecimento suficientes para realizar um diagnóstico preciso e adequado a cada paciente, sejam eles tratamentos capilares como a Mesoterapia Capilar, PRP Capilar ou o Transplante Capilar.

Além destas questões também é importante averiguar qual a técnica de Transplante Capilar que é utilizada em cada clínica, podendo variar entre 3 técnicas diferentes: FUT/STRIP, FUE ou DIRECT.


Resumindo, é importante considerar vários fatores, que vão muito além do preço mais barato aquando da escolha da clínica capilar para realização de um Transplante Capilar ou na procura de solução para a alopecia.

 

A Equipa DHI está disponível para
esclarecer todas as suas dúvidas!
Para entrar em contacto connosco basta clicar no
botão abaixo e preencher os seus dados.

 

Texto adaptado de http://www.dhi-france.fr/actus/greffe-de-cheveux-etranger-danger/ | 18 julho| 2016