FUT/STRIP

Follicular Unit Transplantation

A técnica mais antiga praticada desde 1990. Consiste em remover um grupo de unidades foliculares em forma de tira de couro cabeludo da região posterior da cabeça. Cirurgia que remove uma tira de cabelo entre 1 a 2,5 cm de altura e 20 a 25 cm de largura, de forma a cortar folículos, a pele, músculos, nervos e algumas veias.

Este é um procedimento cirúrgico realizado sob sedação e vai deixar cicatrizes. A taxa de sobrevivência dos folículos é baixa uma vez que estes são muito manipulados e agredidos durante todo o processo. A técnica mais antiga praticada desde 1990. Consiste em remover um grupo de unidades foliculares em forma de tira de couro cabeludo da região posterior da cabeça.

Este é um procedimento cirúrgico realizado sob sedação e vai deixar cicatrizes. A taxa de sobrevivência dos folículos é baixa uma vez que estes são muito manipulados e agredidos durante todo o processo.

 
 

FUE

Follicular Unit Extration

Esta técnica consiste em utilizar um punch com cerca de 1,2mm a 1,5mm de diâmetro para retirar unidades foliculares da região dadora (zona em que os folículos nao têm os genes da alopécia androgenética) e colocar uma a uma na região recetora. Esta técnica é realizada em duas fases bem distintas, a extração e o implante. Entre a extração e o implante os foliculos ficam preservados numa solução salina em «tabuleiros/discos petri». Utilizando a técnica de FUE não é necessário fazer cortes, sendo portanto esta técnica menos invasiva que a técnica FUT, não deixando grandes cicatrizes.

 
 

FUE com Artas

Follicular Unit Extration com robôt artas

O sistema robótico artas utiliza um programa informático que automatiza apenas o processo de extração da técnica FUE.

Este programa de software permite digitalizar a imagem do couro cabeludo ampliada, usa um algoritmo que é capaz de analisar a quantidade, direção, ângulo e posição dos folículos no couro cabeludo. Com o Artas o processo de extração dos folículos torna-se mais rápido mas o implante é realizado da mesma forma que o procedimento da FUE. 

Este sistema robótico que promete inúmeras vantagens tem ainda consideráveis desvantagens e limitações que apresentamos em síntese abaixo.

 
 

DIRECT

Direct Hair Implantation

A técnica DIRECT é uma evolução da técnica FUE.

No protocolo DIRECT, a extração e o implante são realizados em 7 segundos num único procedimento – os folículos são injetados no couro cabeludo sem necessidade de orifícios prévios. Em alguns casos particulares recorre-se ao protocolo DIRECT IN, em que se verifica apenas um atraso na colocação após extração. O protocolo a utilizar é determinado pelo médico certificado DHI e depende das características de cada paciente. 

Tanto o protocolo DIRECT como o DIRECT IN garante a máxima eficiência dos resultados.

 
 

marque consulta gratuíta,
sem qualquer compromisso